in

Estudo BNDES Internet das Coisas do MCTI

Internet

Olá ouvintes da rádio UEL FM e da rádio Alma Londrina, hoje o programa da Aintec vai falar sobre a segunda fase do estudo Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil.

Ouça o podcast:
AlmA Londrina Rádio Web
Tecnologia e Inovação - 21/08/2017
/

O estudo técnico Internet das Coisas é conduzido pelo BNDES e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.  As conclusões desse estudo vão ser usadas para subsidiar o Plano Nacional de Internet das Coisas no Brasil.

O Plano tem como objetivo acelerar a implantação do tema Internet das Coisas como instrumento de desenvolvimento sustentável da sociedade brasileira. Além disso, ele pretende aumentar a competitividade da economia, fortalecer as cadeias produtivas nacionais e promover a melhoria da qualidade de vida.

O estudo definiu que Cidades Inteligentes, Saúde e Rural vão ser as áreas prioritárias para as iniciativas e políticas públicas para o Plano, que deve ser anunciado até o fim do ano.

Também foram definidos como prioridades os segmentos Petróleo, Gás e Mineração, Têxtil e Automotivo. O motivo pelas escolhas é a relevância dessas áreas para a economia brasileira e a agenda de inovação já existente.

Para chegar a essas conclusões, a equipe técnica do estudo analisou critérios como demanda, oferta e capacidade de desenvolvimento de cada segmento. Também foram consideradas experiências de outros países, consultas públicas, eventos com especialistas, fóruns, pesquisas digitais e contribuições da sociedade.

A terceira fase desse estudo vai ser concluída em setembro. Vai ser nessa etapa que os desafios vão ser mapeados e que os planos de ação vão ser definidos.

Nossa coluna sobre Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo termina aqui. Programa da Aintec. Produção e locução, Mariana Paschoal; e Gravação de João Lopes, da rádio UEL FM.

Featured Video Play Icon

Entrevista com José Maschio, autor de “Tempos de Cigarro sem Filtro”

Rita Lee

Essa tal de Rita Lee Jones é rock’n’roll