in

Prince Buster, Desmond Dekker e Alton Ellis

Prince Buster

A Uel FM apresenta: Rude Boy Train, com produção e apresentação de Fernando Feijó. Um programa de rádio onde você ouve o melhor do ska e do rocksteady. Parece exagero, mas não é. Para abrir o programa, a trinca de ouro do ska jamaicano, Prince Buster, Desmond Dekker e Alton Ellis. Uma boa forma de se começar um programa de rádio, como também uma ótima forma de se conhecer melhor sobre esse estilo Jamaicano, ou saboreá-lo. 

AlmA Londrina Rádio Web
Rude Boy Train 08 06 2021
/

Afinal de contas, quem são Prince Buster, Desmond Dekker e Alton Ellis? Por que esses três nomes são incontestáveis e não podem faltar na discoteca de qualquer skazeiro que se preze? Os músicos de Kingston, Jamaica, são considerados como algumas das figuras mais importantes na história do ska e rocksteady.     

O trabalho de Prince Buster nos anos 60 o fez reconhecido como uma das principais fontes de inspiração para grandes nomes do Ska e do Reggae. Curiosamente, embora já cantasse em pequenas discotecas de Kingston e tivesse integrado várias bandas. Prince Buster, ou Cecil Bustamente Campbell, foi contratado para uma casa de som de Kingston, mas não como músico, e sim como segurança. Já que era um habilidoso pugilista e muitas festas acabavam em brigas. E assim ganhou seu nome Prince, o “Principe”.          

Desmond Dekker foi o primeiro artista Jamaicano a ser considerado uma lenda do Reggae e foi um dos pioneiros do Skinhead Reggae. Tornou-se um ícone para os rude boys e uma das figuras mais importantes da cena mod britânica. No final dos anos 70, assinou com o Stiff Records, um selo punk ligado ao movimento two tone. Ainda nos anos 80, assinou um contrato com a Trojan Records, onde teve muitos de seus álbuns relançados.

Alton Ellis começou sua carreira nos anos 60 tocando Rhythm and Blues na gravadora Studio One, mas em meados dos anos 60 a cena do ska e rocksteady mudou e foi cada vez mais associada à violenta subcultura dos Rude Boys. Alton Ellis foi um dos muitos artistas que começaram a se referir aos Rude Boys, porém, sua obra pode ser considerada Anti-Rudie, uma vez que suas baladas eram anti-confusão, “Don’t trouble people”, leia-se “não incomode as pessoas”.       

E assim começamos o programa: Prince Buster com “Jack The Ripper”, do álbum “King of Ska”, depois Desmond Dekker com “Piece of Mind” do álbum Israelites e Alton Ellis com “All My Tears” do álbum “Soul Groover”. E na sequência, Crazy Baldhead embala o Rude Boy Train. Ouça o podcast e aproveite.     

Chico Buarque: Homenagem aos 77 anos

Motorhead, power trio da porrada

Motörhead: o power trio da porrada