in

AlmA transmite mini desfile de Carnaval neste sábado

carnaval 2022 - londrina
Foto: Divulgação

Nas palavras do compositor e sambista Nelson Sargento, “O samba agoniza, mas não morre”. Após quase dois anos sem Carnaval, o projeto Londrina Pede Samba realiza hoje (26), a partir das 14h, um mini desfile da escola de samba londrinense Explode Coração.

O evento ocorre no Grêmio dos Servidores Municipais de Londrina (Rua Tremembés, 1000) e contará com baianas, porta-bandeira, bateria e passista. Ao todo, 35 integrantes do grupo estarão presentes.

Para quem quiser acompanhar de maneira remota, a AlmA Londrina Rádio Web transmite o evento pelo Facebook e Youtube. A previsão de público é de 200 pessoas, por isso a atividade respeitará as medidas de prevenção à transmissão do novo coronavírus, incluindo o uso de máscaras, álcool gel e distanciamento social.

Com quase 20 anos de existência, a Explode Coração realizou, entre janeiro e fevereiro, oficinas virtuais por meio do projeto Londrina Pede Samba, patrocinado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Segundo o Diretor de Carnaval da escola, Benê Macedo, o enredo do samba que agita o mini desfile de hoje surgiu nestas oficinas. “Nós gravamos três aulas de uma hora de duração, que serão disponibilizadas para o público em breve, com os temas de ‘mestre-sala e porta bandeira’, ‘passista’ e ‘composição’. O samba que vamos executar no mini desfile de sábado foi composto durante as atividades do projeto”, disse.

Ainda segundo Macedo, apesar do desfile ser realizado de forma reduzida, ele será uma performance bem elaborada, que marca o início da retomada das atividades da escola de samba. “Estamos tomando todos os cuidados necessários em relação à pandemia, e nossa intenção é montar um calendário de atividades para os próximos 12 meses de forma que, em 2023, possamos comemorar os 20 anos da Explode Coração com um belo Carnaval. Agradecemos ao secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini, pela sensibilidade e apoio que vem oferecendo ao nosso trabalho”, frisou.

BMX

Escola de Bike BMX na pista Supercross

cinco melhores

Confira os cinco melhores discos de 2021