in

ASKL – Associação de Skate de Londrina

ASKL

Conversamos com Kooki Miyamoto, Presidente da ASKL, e Thiago Milan, Diretor de Comunicação, sobre a união de um grupo de skatistas organizados na cidade de Londrina. Seu objetivo é realizar ações relacionadas ao esporte, restaurando espaços inadequados construídos pelo poder público, ajudando diretamente nas reformas, lutando contra o descaso e angariando novos espaços para a prática do skate. Confira o vídeo na nossa Web TV:

Desde 2017 novamente na ativa, o grupo retomou o antigo CNPJ do que foi a primeira associação de Skate no Brasil. Originalmente criada para realizar eventos e campeonatos de skate, hoje assume uma função social de atender esse esporte que tem muitos adeptos para pouco espaço. Segundo os diretores da ASKL, o skate é uma importante ferramenta de inclusão social e também é o segundo esporte mais praticado no Brasil, depois do futebol. Pois, em cada casa existe um skate e o estilo vai além da prática do esporte, pois atinge outros segmentos como a moda, a música, a arte e a cultura. 

Nos anos 80, Londrina foi a menina dos olhos do Skate no Brasil. Naquela época aconteceu um campeonato marcante no ginásio de esportes Moringão e skatistas de renome, como Bob Burnquist, vieram à cidade para andar de skate por aqui. Nomes de skatistas locais como Esquisito e Murilo Toma, foram precursores do esporte no Brasil. E a ASKL tem o objetivo de retomar essa história. 

A pista de skate construída na avenida Castelo Branco, por exemplo, foi solicitada à prefeitura pela ASKL. Para que transformassem uma quadrinha poliesportiva abandonada em pista de skate. Com a autorização da prefeitura, a ASKL juntou os skatistas de Londrina que fizeram a reforma com suas próprias mãos, batendo cimento, juntando recursos humanos e materiais para construir os obstáculos. Essa história podemos conferir com imagens captadas pelo skatista e videomaker Manoel Coimbra, que colaborou com esta reportagem.

Além disso, como associação de skate, a ASKL não nega os pedidos de skatistas. Portanto, se algum skatista precisa de alguma coisa, como por exemplo, uma cirurgia, a ASKL se junta para viabilizar essa cirurgia. Tudo por amor ao skate, à cultura e ao estilo de vida dos skatistas.

Engenharia Científica Mobilização da Indústria na Pandemia

A mobilização da indústria na pandemia

Passos Pro Futuro

Passos Pro Futuro: dança nas comunidades