in

Como estudar na Itália Podcast parte 3

Como estudar

Enfim chegamos à 3 e última parte do “Como estudar na Itália”. No episódio de hoje vamos falar sobre o doutorado no país. 

I Bravissimi Cast
I Bravissimi Cast
Como estudar na Itália - Podcast parte 3
/

Ciao, benvenuti ao I BravissimiCast: un giro per l’Italia. Agora, imagine que está sentado numa mesa em uma das belas praças italianas, sentindo seus aromas e vendo suas riquezas. Então, eu convido você: Andiamo! 

Você já aprendeu na parte 1 que a escola italiana não é obrigatória até os 6 anos de idade. E também, que a alfabetização acontece de uma maneira muito mais rápida, de 6 a 8 meses. Na Scuola primaria, a criança de fato se torna um estudante. É este o primeiro passo da vida acadêmica. Essa história foi contada pelo querido Matheus Sozzi, de 7 anos. Aos 11 anos, o aluno vai para a Scuola media, que o prepara durante 3 anos para entrar na Scuola superiore, que corresponde ao ensino médio. 

Na Scuola superiore o aluno pode começar a seguir a carreira que deseja. Diferente do Brasil, o Ensino Médio da Itália prepara o estudante para a área de seu interesse. E assim, após ser aprovado no Esame di Stato, a chamada Maturità, o estudante ingressa na faculdade. 

No episódio 2 encontramos as informações sobre o mestrado, e o doutorado sanduiche, que contou com a participação do professor Willi Ferrari e da doutora em música com ênfase em musicologia Marcia Kaiser. 

Enfim, hoje vamos entrevistar o professor Sidney Machado, doutor em Teologia Espiritual pela Pontificia Università Gregoriana. Além de Especialização em Bens Culturais da Igreja, ele também possui formação em arqueologia e Iconografia cristã. Ambos os cursos realizados na Itália.

  1. Como surgiu a oportunidade de fazer o Doutorado na Itália e o processo para entrar? 
  2. Como foi a experiencia?
  3. O que você diria para quem tem interesse em estudar na Itália?

Convidamos também a professora Caroline Calliari, graduada em Química Industrial de Alimentos pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, mestre e doutora em Ciência de Alimentos pela UEL, e Pós-doutora em extração verde e microencapsulamento de polifenóis pela Università Degli Studi di Genova – UNIGE, Gênova, Itália. 

  1. Como surgiu a oportunidade de fazer o pós-doutorado na Itália e o processo para entrar? 
  2. Como eram as aulas e o dia a dia?
  3. O que você diria para quem tem interesse em estudar na Itália?
  4. Quanto tempo estudou em Genova em seu pós-doutorado?

Muito obrigada pela participação! 

Se você tem interesse em estudar na Itália ou visitar o país, a I Bravissimi oferece o novo curso on-line de conversação básica para aprimorar ainda mais a sua pronúncia. Uma outra novidade é o Quattro Chiacchiere, um encontro on-line gratuito desenvolvido pelo professor Willi Ferrari. 

Para mais informações acesse o site www.ibravissimilondrina.org 

》Produção Radiofônica – Daniel Thomas

》Edição – Thiago Franzim

》Apresentação e Produção- Letícia Cazarin e Hylea Ferraz

》Convidados: Sidney Machado e Caroline Calliari

》Música – CONCERTO EM RE MAIOR OPUS 6 NÚMERO 4 DE ARCANGELO CORELLI

 

Regina Santos estreia REANCESTRALIZAR, coluna mensal sobre afrobrasilidade

Frenetic Trio ressurge como novo álbum

Frenetic Trio ressurge com novo álbum