in

Edição da Lua crescente, arquétipo da donzela

A Lua crescente é a energia do recomeço, da primavera, do fogo, das flores ressurgindo após a ausência do calor do Sol no inverno. A Lua crescente traz em si o arquétipo da jovem donzela, da jovem guerreira, aquele ímpeto de lutar por sonhos e amores. Esta energia convidou a Hora do Sabbat a trazer esta potência. Saca só!

Neste episódio temos muita música. Momento de celebrar as mulheres que tocamos aqui este ano! São tantas cantoras, compositoras que lançaram trabalhos novos e autorais, além de também trazer algumas artistas que ainda não alcançam a superfície do mainstream. A Hora do Sabbat assumiu a missão de fortalecer este espaço de expressão e visibilidade para tantos talentos que ainda estão ocultos na imensidão da internet.

Seleta

Semanalmente você confere alguns lançamentos no programa e no episódio 15 a seleta é um mix de tudo que já tocou desde que retomamos as edições ao vivo. Algumas das mulheres que marcaram presença são: Julia Smith, Afreekassia, Thabata Lorena, Soledade, Victoria Winter, Shaira Ribeiro, Tikuna We’e’ena, Marianne de Castro, Tuca Mei, Tika, Lu Toledo, Katu Mirim, Kae Guajajara, Mariana Mug, Preta Rara, Leudji Luna, Guidi Vieira, Iná Iê e Bivolt. Que seleção!! Aperta o play!

Femenageada

No quadro “Femenageada” da semana trouxemos duas mulheres, uma havaiana, a Rainha Lili’Uokalani que foi melhor a primeira e única Rainha da Ilha do Havaí, mulher forte, artista e defensora da cultura e de seu povo. Foi destituída do trono pela marinha dos Estados Unidos. Compôs a canção “Aloha Oe”. Quase oitenta anos após a sua morte o governo dos Estados Unidos reconhece a ilegalidade da prisão de Lili’Uokalini.

Literatura

Na sequência, a leitura de mais um cordel do livro Heroínas Negras Brasileiras em 15 cordéis da jornalista Jarid Arraes. Hoje falamos de Laudelina de Campos, que atuou pela causa das empregadas domésticas, foi a responsável pela fundação da  primeira associação de trabalhadoras domésticas no Brasil. Nasceu em Poços de Caldas (MG) e, desde a morte de seu pai, passou a trabalhar em casas de “família” prestando serviços de limpeza e cuidado. Morou em Santos (SP) na década de 30. Uma mulher pra ser lembrada e celebrada!

Agora que você pode ficar inspirado a ouvir e compartilhar esse programa. Se liga que rolou muita coisa. Camila Genaro, contadora de histórias, narrou a história da Beleza. Essa história nos convida a refletir sobre como vemos as coisas belas que estão aí na vida, por toda parte. Depende da nossa perspectiva. A Beleza está em todas as coisas. Depende de nós percebê-la.

Música

Da Lira chega com um tom de alívio e supressão com canções mais irreverentes e dançantes. “Amor e Sacanagem” de Aíla com Luisa e os Alquimistas. Além disso, Flora Miguel convida você ouvinte a arrastar o sofá e aumentar o volume para dançar muito nesse contexto pandêmico que pede pra aliviar a pressão em muitos momentos. E pra fechar “Canções para ninar o apocalipse”, de Vanessa Bumagny, música composta durante a pandemia.

Temos Milena Bachir, idealizadora do projeto Inadequada, um espaço de conversa, expressão, mentoria, cursos e de muita troca e aprendizado sobre SER MULHER. O projeto dessa mulher incrível chegou junto na Hora do Sabbat para mensalmente nos provocar com questões e reflexões sobre quais são os desafios enfrentados diariamente por mulheres nos mais diferentes contextos.

No mês de julho Milena fala sobre a ciclicidade, o autoconhecimento, a resignificação de nós mesmas a partir dessa mudança brusca e inesperada que tem tirado a todas e todes do padrão estabelecido pela sociedade ou até por nós mesmas.

E, fechando essa edição linda da Lua Crescente, A Carta da Semana chega com o nove de ouros que nos convida a celebrar os frutos de atitudes bem tomadas. Ou seja, se olhe, se permita refletir sobre o quanto cada um é especial, independentemente da opinião alheia. Tome consciência do seu valor pessoal para que as vidas sigam o fluxo com leveza, auto amor e muito respeito.

Toda semana tem edição ao vivo e muita reprise. Se liga nessa expansão: toda quinta-feira, às 13 horas, ao vivo pela radiosilva.org; sexta-feira, na radiograviola.com.br, sábado, às 21h30, pela radiopagu.com.br; as terças-feiras, às 20 horas, pela radiobloco.net.

Além de você poder apreciar por aqui, na Alma Londrina Rádio Web, estamos também no Spotify e outros distribuidores de podcast. Siga no instagram.com/horadosabbat .

 

Live na nave: Família estranha faz session ao vivo neste domingo (12)

Live na nave: Família estranha faz session ao vivo neste domingo (12)

Questão Racial no mercado de trabalho