in

Sonhos Lúcidos e o filme A Origem (Inception)

Sonhos Lúcidos e o filme A Origem (Inception). A experiência de sonhar sabendo que estamos sonhando nos deixa intrigados e continua sendo tema de estudos e obras cinematográficas. Este é o assunto que vamos abordar no podcast Scientia Vulgaris de hoje.

Ouça o podcast:

Sonhos Lúcidos e o filme A Origem (Inception)

 
 
00:00 /
 
1X

Por André Bacchi. 

No filme A Origem (Inception), Leonardo di Caprio tem a missão de plantar a origem de uma ideia na mente de outra pessoa, por meio do sonho. Deixando de lado a loucura hollywoodiana de invadir sonho dos outros, podemos abordar a capacidade de ficar consciente dentro de um sonho e executar uma tarefa.

REM – Rapid Eyes Movement

Na vida real, nosso sono não é um processo constante. Ele possui uma alternância de fases (sono estagio 1, 2, 3 e 4 e o sono REM – Rapid Eyes Movement – fase em que os olhos se movimentam e na qual ocorrem os sonhos). Essa não é uma ordem linear ao longo das horas de sono.

Começamos no estagio 1, depois 2, 3 e 4. Do 4, retornamos ao 3, ao 2 e então para o REM, seguido do estágio 1, reiniciando o ciclo que, ao longo da noite, sofre algumas modificações nesse padrão. Temos assim diversas inserções de estágio REM ao longo de uma noite. Ou seja, sonhamos diversas vezes por noite.

Sonho Lúcido

Algumas pessoas já tiveram a experiência de sonhar sabendo que estão sonhando. Isso é chamado Sonho Lúcido. Stephen LaBerge reuniu pessoas que tinham esse tipo de experiência mais frequentemente e fez um experimento com seus participantes: se a pessoa é capaz de sonhar sabendo que está sonhando e se na fase REM os olhos podem se movimentar, ele monitorou as ondas cerebrais e os olhos dos participantes. E combinou previamente que quando eles sonhassem, durante o sonho, movimentariam os olhos em uma sequência específica. E muitos dos participantes foram capazes de fazer isso de fato, mostrando um forte indício para a existência desse fenômeno.

LaBerge foi além e desenvolveu técnicas de como induzi-lo. Uma dessas técnicas envolve a chamada “checagem de realidade”, representada no filme pelo icônico pião (que quando gira normalmente representa a realidade e quando gira indefinidamente, indica o sonho).

Outro ponto abordado é o “sonho em camadas” (sonho dentro do sonho). Existe um fenômeno parecido (e menos exagerado) chamado de falso despertar. É quando você está sonhando e “acorda”, mas na verdade você está sonhando que está acordando de um sonho.

O fenômeno dos sonhos lúcidos vale a pena ser estudado para evitarmos cair nos misticismos que acabam associando isso a “viagens astrais” e etc.

Scientia Vulgaris nas plataformas

Você também pode acompanhar o podcast Scientia Vulgaris nas plataformas de streaming Spotify e Anchor FM. Siga os perfis e ouça, a cada quinze dias, um novo episódio cheio de curiosidades, ciência e cultura pop.

Azylo Hotel Live 2020

Azylo Hotel Live comemora 40 anos do programa no palco

Disgrace and Terror: diretamente de Belém do Pará