in

Como estudar na Itália: Escola

Alguma vez você já teve a curiosidade de saber sobre como estudar na Itália? Seja por interesse pessoal ou até para entender o sistema do país… Bom, você já deve ter encontrado alguns conteúdos na internet, porém neste episódio, gostaríamos de propor uma visão de como funcionam as escolas italianas, começando dos primeiros anos até as especializações. Quer entender o assunto? Então continue ouvindo I BravissimiCast

AlmA Londrina Rádio Web
Como estudar na Itália: Escola
/

Ciao, benvenuti ao I BravissimiCast: un giro per l’Italia. Agora, imagine que está sentado numa mesa em uma das belas praças italianas, sentindo seus aromas e vendo suas riquezas. Então, eu convido você: Andiamo! (Rafael)

 

Você sabia que a escola não é obrigatória até os seis anos de idade na Itália? Mas não se assuste, pois a alfabetização acontece de uma maneira muito mais rápida, de 6 a 8 meses. Além disso, devemos lembrar que o ano letivo começa em setembro e vai até junho. Por isso, caso você esteja pensando em fazer a matricula do seu filho fique atento às datas.

O Asilo Nido ou Scuola dell’infanzia é destinado às crianças de 0 a 5 anos de idade, sem muito mistério, é o famoso jardim de infância. Após esse período i bambini, com 6 anos, entram na Scuola primaria, fundamental I ou primário. Nessa fase, como dito anteriormente, é o momento em que a criança de fato se torna um estudante, é este o primeiro passo da vida acadêmica. Esse grau escolar dura 5 anos.

Ao completar 11 anos e terminar o primário, é necessário realizar uma prova que certifique seu conhecimento, e assim entrar na Scuola media. Mas antes de falar sobre o próximo grau escolar é importante estar ciente de algumas informações.

As escolas públicas são gratuitas, porem há uma taxa anual, em torno de 10 euros por ano e uma contribuição espontânea, que é quando os pais pagam o valor que julgarem interessante entregar à escola.

Considerando que em algumas escolas os alunos estudam em período integral, as crianças almoçam na escola. As escolas públicas, que são do Estado Italiano, recebem a merenda da prefeitura, apesar disso, os pais devem contribuir conforme a renda da família.

Matheus Sozzi

Para falar sobre a experiencia da Scuola elementare convidamos Matheus Sozzi, de 7 anos, filho do professor Rafael Sozzi. Matheus mora na Itália e tem fluência no italiano e português. Mas para deixar o episódio com uma bela pitada de uma das línguas mais bonitas do mundo, convido o pequeno a responder as questões em italiano.

 

Matheus, o que você está aprendendo na escola?

Qual é a sua matéria favorita?

O que você mais gosta e menos gosta na escola?

Como é a sua rotina durante a semana?

Obrigada pela participação! Você é encantador.

A Scuola media dura 3 anos, e assim como os outros períodos escolares, ela prepara o aluno para entrar na Scuola superiore, o famoso ensino médio, aos 15 anos de idade, mas para isso o estudante deve realizar a prova de Esame di Stato di primo grado.

Por fim, a Scuola superiore tem a duração de 4 ou 5 anos. E é nesse período que o aluno pode começar a seguir a carreira que deseja. Diferente do Brasil, o Ensino Médio da Itália prepara o estudante para a área de seu interesse. Dessa forma, o aluno pode escolher entre istituti tecnici, licei e istituti professionali.

E para finalizar essa etapa aos 19 anos e assim entrar na Universidade, o aluno precisa realizar o Esame di Stato, a chamada Maturità.

Indicamos também, o filme Notte prima degli esami, um filme italiano de comédia que fala justamente sobre essa fase escolar.

Caso você tenha interesse em estudar ou se mudar para Itália, e deseja aprender italiano, te convido a conhecer os cursos on-line de língua oferecidos pela I Bravissimi. O “Italiano para cidadania” consiste no estudo básico da língua italiana em 1 ano e meio e te prepara para a prova de certificação B1. Oferecemos também os encontros regulares, os intensivos e as aulas particulares. Para mais informações acesse ibravissimilondrina.org ou entre em contato através do WhatsApp (43) 9 9957-7031.

 

A segunda parte do “Como estudar na Itália?” será lançada no próximo mês, e assim você pode acompanhar e entender o processo da UNIVERSIDADE e especializações do país.

Antes de finalizar a parte 1, gostaríamos de agradecer ao professor Rafael Sozzi, que reside na Itália e nos ajudou com a pesquisa. E agradecer, é claro, todos os convidados que compartilharam suas experiências para que hoje você possa ouvir este e os próximos episódios.

 

》Produção Radiofônica- Daniel Thomas

》Edição- Thiago Franzim

》Apresentação e Produção- Letícia Cazarin e Hylea Ferraz

》Convidado- Matheus Sozzi

》Música- VIVALDI – Concerto op 10 número 3 in Re Maior – IL GARDELLINO  com I SOLISTI VENETI- Regência Claudio Scimone – solista James Galwey.

Holocausto Canibal vindos do Porto

Aminoácido e a Turnê Interplanetária: GOYA