in

Manifestação Antifascista em Londrina na WebTV

Produção e entrevistas: Teixeira Quintiliano / Edição: Fabrício Santesso

Uma manifestação pacífica e plural. Foi o que nós vimos no Calçadão de Londrina nesse domingo (7/6). Centenas de manifestantes de diversos movimentos sociais marcaram presença na Manifestação Antifascista e protestaram contra políticas autoritárias e discriminatórias.

Bandeiras, cartazes e palavras de ordem foram acompanhadas por palmas e discursos antirracistas, anti-homofóbicos e contrários a quaisquer atos extremos de violência à democracia. Um dos organizadores da Manifestação Antifascista de Londrina conversou conosco e falou sobre a motivação do movimento (assista ao vídeo). 

Durante a semana, grupos de opositores à Manifestação Antifascista se mobilizaram em aplicativos de bate papo online para um possível conflito, que poderia ter acontecido até mesmo com armas. Mensagens trocadas em grupos privados sugeriram a repressão à Manifestação Antifa em Londrina com o uso de violência, se fosse necessário. 

Mas antes da manifestação essas ameaças foram denunciadas ao Ministério Público em Londrina e a outros órgãos da sociedade civil, como a OAB Londrina. O teor violento chamou a atenção dessas entidades, que se manifestaram e repudiaram a postura agressiva e antidemocrática de alguns indivíduos extremistas pertencentes a grupos locais da base de apoio popular ao presidente Jair Bolsonaro.

A presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Londrina, Paula Vicente, comentou sobre as denúncias e orientou o que deve ser feito em caso de ameaças (assista ao vídeo). 

Qual é o seu lugar na luta antirracista?

Podcast da Alma: a luta antifascista e antirracista em destaque