in

Moda italiana sustentável

Moda italiana sustentável

Moda italiana sustentável. Confira segundo episódio de 2021 do I Bravissimi Cast e conheça mais sobre as possibilidades disponíveis neste segmento do mercado fashion.

I Bravissimi Cast
I Bravissimi Cast
Moda italiana sustentável
/

Por Giovanna Araújo. 

A moda vai muito além do vestir. Ao usar uma marca, você não está comprando apenas a beleza do produto e da peça, mas também legitimando todo o processo de produção e carregando os valores morais da empresa. 

Para uma peça de roupa chegar até a loja existe um longo processo. Para você ter uma noção do impacto ambiental e social da indústria da moda, ao mesmo tempo que ela é a segunda indústria que mais emprega no mundo ela também é a segunda mais poluente do mundo. 

Pois é, segundo o Fashion Revolution, se consome em média 10 mil litros de água pra fabricar uma calça jeans e 8 mil litros para um par de sapatos. Uma camiseta, por exemplo, consome quase 2kg de combustíveis fósseis e quase 3 mil litros de água, e isso é só pra produção dela. Sendo assim “surge” a vertente da moda sustentável, que está relacionada ao uso de métodos que irão minimizar o impacto ambiental durante o desenvolvimento de produtos. 

A moda sustentável resulta da necessidade de repensar nosso comportamento social de uma perspectiva ecológica. Da fase de produção do tecido ao consumo e descarte ilimitado de peças, o ser humano tem extraído grande quantidade de recursos naturais não renováveis, que poluem e degradam o meio ambiente sem se preocupar com as consequências.

 Apesar disso, a moda pode alcançar o desenvolvimento sustentável de várias maneiras, mas é importante sempre considerar os aspectos sociais, econômicos e ambientais. Algumas mudanças de atitude podem se expressar, por exemplo, por meio do consumo consciente alinhado à uma proposta ecológica.

Exemplos da moda sustentável

Zero waste fashion: o conceito se refere à produção de vestimentas e acessórios que geram pouco ou nenhum resíduo em sua produção.

Upcycle: é uma tendência que colabora para a redução de lixo e transforma objetos no fim de sua vida útil em novos produtos. 

Slow fashion: vem em contraposição ao fast fashion e surge como uma alternativa socioambiental mais sustentável no mundo da moda, priorizando o local em relação ao global; promovendo consciência socioambiental; e contribuindo para a confiança entre produtores e consumidores. Exemplos disso são os brechós e confecções de produtores locais.

Entrevistas

Marina Ferraz Uhnika moda conscienteConversamos com Marina Ferraz, criadora e diretora da Uhnika, marca de moda consciente. Fundadora do Eco Roupa Private Label, ateliê para produção de roupas sustentáveis para marcas próprias. Trabalhou 12 anos em médias e grandes empresas da indústria têxtil nacional.

Marina é graduada em Estilismo em Moda pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Especialista em Moda: Produto e Comunicação (UEL), tem MBA em Moda pelo Instituto Paranaense de Ensino e possui o título de Mestre pelo Programa de Pós-Graduação Têxtil e Moda da Universidade de São Paulo (EACH – USP).

Já lecionou na Lisbon School of Design Sampa e no curso de Design de Moda da Universidade Anhanguera (São Paulo). E além de tudo isso, é autora do livro Inovação em Produtos de Moda, pela Nova Edições Acadêmicas.

 

I BRAVISSIMI CAST – Ficha Técnica

》Produção Radiofônica- Teixeira Quintiliano

》Edição- Thiago Franzim

》Coordenação Geral- Daniel Thomas

》Produção Geral- Raul Viana

》Roteiro e apresentação- Giovanna Araújo

》Produção- Hylea Ferraz e Letícia Cazarin

》Convidada- Marina Ferraz  

》Música- Assim na terra como no céu e Gabriel’s Oboé- temas do filme “A missão”- de Ennio Morricone

Os Pioneiros do Ska Rude Boy Train

Pioneiros do Ska

Charlie Diéf Sons do Brasil

Charlie Diéf: oração a xangô