in

Paralelo Zero: indie para tocar no repeat

Hoje, no Paralelo Zero, nós teremos uma seleta de músicas indie para tocar no repeat que, provavelmente, serão veiculadas pela primeira vez em uma rádio de Londrina, algumas delas pela primeira vez no Paraná e outras até no Brasil.

Ouça o podcast:

Por Rafael Losso. 

E para começar temos The Beths, diretamente da Nova Zelândia, com “Great No One”, do álbum “Future Me Hates Me”. Na sequência deste primeiro bloco tem “Gold Rush”, do Death Cab For Cutie, e “Desfeite”, do carioca Lê Almeida. 

No segundo bloco recebemos o bom e velho Alice In Chains, que nos transporta de volta à década de 1990 com a faixa “Maybe”, que na verdade foi gravada em 2018 no álbum “Rainier Fog”. Tem ainda “Miopia”, da banda Manual, e “Beach Blonde Bottle Blues”, do duo de Nashville, Larkin Poe.

Direto de Recife (PE), seguimos com a belíssima “Fogo Tenaz” do cantor Barro, “Yummy” do Ski Boy, garoto tímido que resolveu fazer músicas porque não tinha amigos; e (Why Do You Think You`re So) Special?” do quarteto londrino Honey Moon. 

Os colombianos do Aterciopelados chegam ao Paralelo Zero com a faixa “Duo”, do álbum “Claroscura”, de 2018. Logo depois, tem “Bússola”, de Phil Veras, e Back to the Dark”, do Mystic Braves. 

Agora, para encerrar o nosso Paralelo Zero, temos o último bloco aberto pela música que provoca uma série de imagens em nossas mentes: “The World is on Fire”, do American Aquarium.

Você curte também “Appointments , de Julien Baker, e “I`m Alive”, interpretada por Beth Ditto, no cover do dia. Esta música originalmente foi composta e gravada por Tommy James & The Shondelles. 

EP12 – Não queremos uma revolta, mas direitos humanos para todes

EP13 – Solidariedade e ação local em resposta à crise